Romero Britto diz que mulher que quebrou sua obra pôs pessoas em risco

O artista plástico Romero Britto, 56, comentou neste sábado (15) o vídeo que viralizou na internet na sexta-feira (14) e que mostra uma mulher jogando no chão uma das obras do artista na frente dele. Ele lamentou o ocorrido e afirmou que ela colocou ele e outras pessoas em risco com sua atitude.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

“Uma peça pesada de porcelana que ao quebrar em pedaços poderia ter causado danos a mim, a ela ou a qualquer outra pessoa no local. É lamentável, mas a integridade física das pessoas foi colocada em risco naquele momento. Infelizmente há pessoas que querem ficar famosas às custas de outro”, afirmou ele.

Em nota, ele disse ainda que seu propósito “sempre foi o de levar alegria, amor e esperança a todos”. “Não admito desrespeito e jamais tive a intenção de desrespeitar alguém”, completou ele, que foi acusado pela mulher de ter maltratado funcionários durante uma visita no restaurante dela.

“A internet é muitas vezes injusta, e as pessoas não estão preocupadas com a verdade. Gostam de confusão, drama, negatividade, de julgar sem analisar os fatos. Vou continuar minha missão de alegrar o mundo, que como nunca precisa de mais amor, felicidade, esperança e otimismo”, completou Britto.

A mulher, que quebrou a obra avaliada em US$ 4.800 (cerca de R$ 25,9 mil) afirma nos vídeos que é dona de um restaurante que fica na frente da loja do artista e que era fã dele. “Considerava você um homem respeitável, mas me equivoquei”, disse ela a Britto em uma galeria dele, em Miami, nos EUA.

“Você foi ao meu restaurante, reservou uma mesa para 20 pessoas para tomar café da manhã ao preço de US$ 8 (cerca de R$ 43), que é barato, e ainda pediu desconto”, reclamou ela. “Você humilhou meus funcionários, pediu que eles tirassem a música e pediu que não falassem, porque senão o senhor não iria mais.”

“Isso foi humilhante”, avaliou ela. “Para uma pessoa honesta e respeitável, você carece de humildade. Então eu lhe exijo que nunca mais vá ao meu restaurante, nem ofenda aos meus funcionários. Nunca mais.” Só no final do discurso é que ela jogou a obra no chão.

Foto: © Google

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Fonte: Notícias ao Minuto

Comentarios

Comente