Vítima de acidente em ônibus que saiu de Juazeiro conta como escapou da morte: ‘nasci de novo’

O acidente entre um ônibus que saiu de Juazeiro do Norte com destino a Fortaleza e um caminhão que vitimou os motoristas dos dois veículos na última quarta-feira (26), em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza, deixou cinco pessoas feridas. O caso mais grave foi o do representante comercial Jean Cláudio Santos de Oliveira, de 45 anos.

Ele estava no segundo andar do transporte coletivo em cima do motorista, e escapou por pouco da morte.
Em entrevista, o representante comercial afirmou que o acidente poderia ter sido evitado caso o caminhão estivesse estacionado em um lugar seguro e correto. Ele teve uma das pernas quebradas em quatro lugares. “O caminhão parado num local que não era para estar parado, logo depois uma curva. O porquê, eu não sei. Não era para o caminhão estar parado lá”, disse. 

----- PUBLICIDADE -----
----- FIM DA PUBLICIDADE -----

Condução normal Jean Cláudio Santos disse também que o motorista do ônibus não dirigia em alta velocidade e ficou sem entender o motivo dele não desviar do caminhão.  
“Ele continuou em velocidade constante. Não freou, não desviou, não acelerou, estava em velocidade constante. Deu para perceber que era uma curva e o motorista não saiu do seu roteiro. Em algum momento ele vai virar. Não entendi por que ele não fez isso”. 

Jean Cláudio Santos está hospitalizado. Por causa do acidente, ele quebrou uma das pernas em quatro partes. “No impacto, quebrou minha perna em quatro lugares. Romperam os tendões, os ligamentos, rompeu a fíbula e levei uma pancada no olho. Quebrou meus óculos, e eu virei. Tenho certeza que nasci de novo”, disse.            

   (Diário do Nordeste)

Cariri como eu vejo Bala Acidente miséria sitemiseria Noticias juazeiro badalo blogo do gesso blog do gesso crato regional g1 R7

Comente