Cadastramento para tarifa social começa nesta segunda-feira, 01

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest), dá início nesta segunda-feira, 01, ao cadastramento da tarifa social do Restaurante Popular de Juazeiro do Norte.

As pessoas que apresentarem perfil no Cadastro Único (CadÚnico), ou forem atendidas por algum benefício da política de assistência continuarão pagando apenas R$ 2,00 por refeição após reajuste de valores que passará a vigorar no dia 1º de agosto.

Para quem não está inserido no perfil da assistência social, passará a pagar R$ 4,00 e as pessoas em situação de rua continuam fazendo as refeições de forma gratuita. De acordo com a Lei, os novos valores serão utilizados para melhorias do Restaurante Popular, como a sustentabilidade do equipamento, qualidade das refeições, melhores condições de instalação e profissionalização de equipes.

Segundo o secretário adjunto, Tiago Pereira, com o cadastramento a Sedest atende a Lei 4978, do dia 29 de maio de 2019, que visa fornecer refeições balanceadas a baixo custo, comercializadas com valores definidos em resolução do Conselho Municipal de Segurança Alimentar (CMSA) para o público que se encontra em situação de vulnerabilidade alimentar. Para a produção da carteira da tarifa social, basta apresentar RG, CPF e o Número de Identificação Social (NIS).

Tiago Pereira tem visitado o Restaurante Popular para orientar os usuários e ouvir sugestões de quem todos os dias utiliza o equipamento. “É importante lembrar que o Restaurante Popular tem o objetivo de atender as pessoas que se encontram em situação de insegurança alimentar. Estamos conversando com os usuários e considerando suas avaliações também”, afirmou. Durante todo o mês de julho, equipes estarão no restaurante realizando o cadastramento.

(Assessoria de Imprensa)

Cariri como eu vejo Bala Acidente miséria sitemiseria Noticias juazeiro badalo blogo do gesso blog do gesso crato regional g1 R7

Comente