Município do Crato tem prejuízo de R$ 1,5 milhão

O município do Crato terá um prejuízo de quase um milhão e meio de reais com a reavaliação da tabela de preços para a construção da avenida que ligará o bairro Mirandão ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima.

A informação vem do próprio prefeito Zé Aílton Brasil, quando revelou ao site Badalo, que uma ação apresentada ao Ministério Público do Estado do Ceará (MPC) atrasou o processo licitatório e a contrapartida do município que seria de R$ 460 mil reais, passa para R$ 1,9 milhão.

A obra foi suspensa por uma recomendação do MP, provocado por denúncias de Vereadores do município. Ao concluir o procedimento, o MP não constatou irregularidades e o edital de licitação foi lançado novamente. No entanto, ao refazer o edital, a Tabela Seinfra, usada para embasar os valores praticados dos serviços no setor, já havia sofrido alterações e elevado o valor global da obra.

----- PUBLICIDADE -----
----- FIM DA PUBLICIDADE -----

Ainda conforme o prefeito, a elevação dessa contrapartida acaba atrasando investimentos em outras obras que poderiam andar simultaneamente. A reforma do estádio Mirandão, por exemplo, deve ser postergada para priorizar o Centro de Abastecimento Walter Peixoto. Apesar disso, Zé Aílton garante que investimentos em reformas de escolas e postos de saúde estão mantidos.

A expectativa é que a ordem de serviço para o início da obra da via que liga o Mirandão ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima ocorra no dia 9 de julho. Segundo Zé Aílton, a intenção é concluir a obra ainda no final de 2019.               

(Fonte: Site Badalo)

Cariri como eu vejo Bala Acidente miséria sitemiseria Noticias juazeiro badalo blogo do gesso blog do gesso crato regional g1 R7

Comente