Fortaleza está entre as cidades brasileiras que registram agrotóxicos na rede de abastecimento de água

O estado do Ceará tem 46 cidades, incluindo a capital Fortaleza, que registram diferentes agrotóxicos na rede de abastecimento de água.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

De acordo com dados do Ministério da Saúde, um coquetel que mistura diferentes agrotóxicos foi encontrado na água consumida em 1 a cada 4 cidades do Brasil entre 2014 e 2017.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Além de Fortaleza, Crateús, Russas, Tianguá e Sobral também registraram maior contaminação na água consumida pelos cearenses. Já os municípios de Quixadá, Maranguape e Beberibe não apresentaram nenhum agrotóxico na rede de abastecimento.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

As empresas de abastecimento de 1.396 municípios brasileiros detectaram todos os 27 pesticidas que são obrigados por lei a testar. Desses, 16 são classificados pela Anvisa como extremamente ou altamente tóxicos e 11 estão associados ao desenvolvimento de doenças crônicas como câncer, malformação fetal, disfunções hormonais e reprodutivas.

A falta de monitoramento é um problema. Dos 5.570 municípios brasileiros, 2.931 não realizaram testes nas suas redes de abastecimento entre 2014 e 2017. As informações são parte do Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua), que reúne os resultados de testes feitos pelas empresas de abastecimento.

via Ceará Agora

Comentarios

Comente