Semana da Água e da Árvore tem início nesta quarta, com uma programação diversificada e que prioriza ações comunitárias

getação, inclusive espécies raras, como o Soldadinho do Araripe; e no território do município encontram-se também as principais nascentes de água.

“É preciso defender a manutenção das nascentes e dos mananciais, debater a importância, a preservação, conservação e manutenção das florestas e dos recursos hídricos para todos os ecossistemas e vida humana”, afirmou o gestor da SMADT, Brito Júnior.

Programação

A abertura da Semana da Água e da Árvore será realizada às 8h, do dia 20, com o tombamento de 26 árvores (oitis) da Praça da Sé. Lá, também serão realizadas eco oficinas e exposições de projetos ambientais.

No mesmo dia, às 14h, a comunidade do Sertãozinho será envolvida com a Oficina de Construção de Composteira, realizada pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Territorial (SEMADT), Pares Sítio Fundão e Serviço Social do Comércio (SESC). E às 15h, Evangelização sobre Meio Ambiente e Espiritualidade com Padre Monteiro e Missionários da Comunidade Filhos Amados do Céu (FAC) com os idosos do abrigo Jesus, Maria e José.

No dia 21, serão realizadas Oficina de Compostagem de Resíduos Orgânicos e Vermicompostagem, com estudantes da Escola Estado da Paraíba e Escola São Francisco; Visita a Zona Especial Ambiental (06) – Parque do Rio Saco Lobo, para observação de água, árvores e aves e lançamento de bombas de sementes; Oficina de Construção de Horta Comunitária; Palestra sobre Farmácia Viva e Coleta de Óleo de Cozinha; Campanha de Coleta de Óleo de Cozinha e Saneamento Básico; Oficina de Boneca de Pano com Aproveitamento de Retalhos. Às 13h, a ação ambiental “Troque plástico por vida” será realizada na Praça Siqueira Campos.

Na sexta-feira (22) serão realizadas Eco Caminhada, Trilha dos Sentidos e confecção e lançamento de bombas de sementes; Prática de educação ambiental (mutirão de limpeza); Palestra sobre o Uso Sustentável da Água e Biodiversidade; Construção de Espaço Sustentável e de Convivência na Comunidade do Sertãozinho; Visita a Casa da Misericórdia (Projeto de Horta Orgânica e Agricultura Sustentável) e entrega de mudas.

Público: Dependentes Químicos e Missionários, no Sítio Zabelê de Baixo.

No dia 23, será a vez do plantio de mudas de espécies nativas da Chapada do Araripe no Mirandão. E no domingo (24), às 8h, a Alvorada Festiva em Homenagem a Chapada do Araripe (Projeto Domingo nas Trilhas), café ecológico e lançamento de bombas de sementes com servidores e docentes da área de ciências das escolas municipais na Chapada do Araripe.

A coordenação do setor de Educação Ambiental da Floresta Nacional do Araripe (FLONA) informa que o Centro de Visitantes ou Belmonte estão disponíveis para receber todos os dias visitantes das escolas, mediante inscrição prévia no seguinte e-mail: francisca.teles@icembio.gov.br

Informações da assessoria de comunicação

Cariri como eu vejo Bala Acidente miséria sitemiseria Noticias juazeiro badalo blogo do gesso blog do gesso crato regional g1 R7

Comente