Pesquisa alia ensino e contato com natureza, em Juazeiro do Norte

0

Uma pesquisa ainda em andamento, conduzida por uma professora do Instituto Federal de Juazeiro do Norte (IFCE Juazeiro), comprova que o processo de ensino- -aprendizagem pode melhorar consideravelmente com atividades que vão além das quatro paredes de uma sala de aula. Doze crianças da rede municipal de ensino de Crato, com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), foram selecionadas para participar de atividades na natureza. 

Os resultados finais da pesquisa feita pela professora do Mônica Damasceno ainda não podem ser divulgados, visto que a investigação científica ainda está em andamento. Contudo, ela relata a melhora na aprendizagem das crianças. Durante quase seis meses, nas manhãs das quartas-feiras, elas eram levadas para ter contato com a natureza na conhecida Casa do Guarda, na Chapada do Araripe, em Crato, no Clube Recreativo Grangeiro, também na cidade cratense, e no Sítio Pinheiros, em Barbalha. 

A tese, produto final da pesquisa, vai apresentar os principais impactos e contribuições da investigação. Conforme a professora, ela já contribui para aprendizagem das crianças durante o período de realização. “Conseguimos ver essas crianças que, a princípio, não conseguiam realizar coisas mínimas, e, no decorrer da pesquisa, elas realizavam. Aspectos como o entendimento de determinados conceitos, conseguir perceber letras e uma série de coisas. Porque, quando eu falo em aprendizagem, eu não posso desassociar do desenvolvimento”, analisa.   

(Jornal do Cariri)

----- PUBLICIDADE -----
----- FIM DA PUBLICIDADE -----
Share.

Comente

%d blogueiros gostam disto: