Sedentários têm risco dobrado de sofrer com doenças cardiovasculares, revela estudo

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Um alerta a quem resiste a realizar atividades físicas. Segundo a Federação Mundial de Cardiologia, as pessoas que não se exercitam possuem um risco duas vezes maior de sofrer doenças do coração, ter pressão alta e desenvolver diabetes, independente do fato de estar ou não acima do peso. Além disso, duas pesquisas recentes feitas pela Revista Europeia do Coração divulgaram que pessoas com obesidade, consideradas saudáveis após exames, tiveram um risco 38% menor do que as não saudáveis de morrer por qualquer causa.

No primeiro estudo, a redução de morte por doenças cardiovasculares ou câncer foi de 30% a 50%. O desempenho desses participantes que estavam acima do peso, mas que mantinham bons hábitos foi, ao longo do tempo, similar aos dos magros saudáveis.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

O outro trabalho, porém, analisou a mortalidade de 64 mil suecos com problemas cardíacos (como angina e infarto) submetidos a um exame de imagem para determinar a saúde de suas artérias coronárias. Os resultados mostraram que os pacientes que estavam muito magros ou com obesidade mórbida corriam mais risco de morrer em relação aos intermediários, com sobrepeso ou obesidade moderada.

Comentarios

Comente