17 projetos deixam de ser votados na Câmara de Juazeiro por falta de quórum

Notícias Cariri Juazeiro do Norte

Nesta terça-feira (03 de maio de 2022), foi realizada a Sessão Ordinária na Câmara Municipal de Juazeiro do Norte. No início dos trabalhos foi colocado para votação o requerimento que marca a data da eleição da Mesa Diretora.

 

Ainda no pequeno expediente, foram feitos os requerimentos verbais. Durante o grande expediente, uma moradora do bairro Campo Alegre usou a tribuna para cobrar melhorias para a comunidade. Quem também se pronunciou na Casa foi um Guarda Municipal, que fez denúncias relacionadas ao comando da Guarda Civil Metropolitana.

A sessão se estendeu até às 20h50. Nesse horário, parte dos parlamentares que compareceram à Casa esvaziaram o plenário. Portanto, na votação dos projetos, não houve quórum e a sessão precisou ser encerrada pelo presidente Bilinha (PMN). Dezessete projetos na ordem do dia deixaram de ser votados. Entre as matérias que seriam apreciadas, a do Refis do Demutran.

Por falta de quórum, a Sessão Extraordinária solicitada pelo líder do prefeito na Casa, vereador Rafael Cearense (Podemos) também não pôde ser realizada. A próxima sessão acontece quinta-feira (5), às 15h, na sede da Câmara Municipal.

Permaneceram no plenário, os vereadores Auricélia Bezerra (MDB), Rafael Cearense (Podemos), Sargento Firmino (PSB), Jesualdo Duarte (PSDB), Ivanildo Rosendo (DC), Yanny Brena (PL), Bilinha (PMN), Fábio do Gás (Rede) e Testinha (PTB). A vereadora Rosane Macedo (Cidadania) justificou a saída por motivos de saúde de um familiar. Quem também justificou a ausência na votação dos projetos foi a vereadora Jacqueline Gouveia (MDB), que precisou fazer o resgate de um animal.

Pela terceira sessão seguida, projetos não são votados por falta de quórum. Pelo Regimento Interno da Casa, são necessários 11 vereadores no plenário para votação.

Fonte: Site Miséria

Deixe o seu comentário