10% dos brasileiros sofrem com suor em excesso, médico explica como tratar

Notícias

Você é daqueles que sua muito quando fica nervoso, assustado ou ansioso em situações adversas? Uma pesquisa do Instituto Ipsos mostra que 10% dos brasileiros sofrem com suor em excesso. É até normal suar um pouco em ocasiões fora do comum, mas em excesso passa a ser sinal de disfunção do organismo. Conhecido como hiperidrose, caracteriza-se por sudorese excessiva em grandes quantidades.

Não se conhece exatamente o mecanismo que a determina, admitindo-se que haja estimulação do sistema nervoso simpático em nível central de pessoas que apresentam os sintomas. O médico cirurgião torácico, Moisés Tavares, destaca que, com isso, criam-se, assim, conflitos que desencadeiam ou agravam condições onde há grande componente psicossomático como a hiperidrose.

“Ela pode persistir na vida adulta, porém, em raros pacientes, pode melhorar após esse período. O tratamento clínico pode ser tentado em casos de hiperidrose moderada; onde requer a adesão constante do paciente, pois seus resultados são temporários e, geralmente, pouco efetivos”, destaca.

O especialista ainda afirma que nos casos de hiperidrose primária acentuada, somente o tratamento cirúrgico fornece resultados mais consistentes e duradouros. Procedimento esse realizado por vídeo cirurgia pelo médico cirurgião torácico com quase 100% de eficácia. A hiperidrose primária ocorre predominantemente nas regiões palmar, plantar e axilar, onde tem caráter simétrico, podendo, também, se manifestar no segmento crânio-facial.

Pode surgir desde a infância, porém manifesta-se com maior intensidade na adolescência, fase da vida em que há grande instabilidade psíquica devido à crise endocrinológica própria desse período transicional, onde a pessoa apresenta maturação hormonal e sexual, deixando de ser criança, mas que não pode ser considerado adulto, apresentando, então, aspirações e desejos que muitas vezes superam sua realidade emocional.

Assessoria Commonike

10% dos brasileiros sofrem com suor em excesso, médico do Cariri explica como tratar

Deixe o seu comentário